quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Objeto misterioso aparece em céu de NY e espanta pássaros


Um usuário do YouTube compartilhou um vídeo de 15 segundos no qual um objeto voador não-identidicado (óvni) aparece no céu de Nova York, nos Estados Unidos, fazendo um som “estranho e muito alto”, conforme descreveu o homem. As informações são do The Mirror.

Segundo afirmou o americano, seu celular Iphone teria desligado enquanto fazia a imagem por superaquecimento, o que também causou espanto. O objeto teria aparecido próximo de sua casa e, conforme contou, os pássaros da proximidade ficaram assustados, voando para longe pelo barulho estrondoso ouvido no local.

“Aconteceu em Nova York nesta tarde de 14 de janeiro de 2015. Ficou por três minutos sobrevoando e fazendo um som bizarro que fez os pássaros voarem para longe. Filmei com meu Iphone que, de repente, se desligou por superaquecimento, foi muito estranho”, compartilhou.

Fonte: Terra

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Cientistas descobrem formas de vida alimentadas por eletricidade


Há muito tempo se sabe que as bactérias podem absorver a energia do Sol (fotossíntese) e de processos químicos (quimiossíntese), mas os cientistas descobriram agora cerca de dez espécies de bactérias elétricas, bactérias que são literalmente alimentados por energia elétrica ambiente, e podem não precisar de comida ou a luz solar para sobreviver. Como o New Scientist relata:

"Ao contrário de qualquer outro ser vivo na Terra, as bactérias utilizam a energia elétrica em sua forma mais pura - eletricidade nua na forma de elétrons colhidos à partir de rochas e metais. Nós já sabíamos sobre dois tipos, Shewanella e Geobacter. Agora, os biólogos estão mostrando que eles podem atrair muitos mais fora de rochas e lama marinha, experimentando com um pouco de suco elétrico. Experimentos com bactérias sobre os eletrodos de bateria demonstram que estas novas, formas de vida incompreensíveis são, essencialmente, de se alimentar e excretar energia elétrica. "

Os cientistas estão esperançosos de que eles podem programar as bactérias para funcionarem como dispositivos úteis auto-alimentado (batatos), que podem executar uma grande variedade de tarefas valiosas como limpeza de contaminação ambiental para construir circuitos, e tudo mais. SPUDS bacterianas movido a energia solar já foram utilizados para criar açúcar e o ácido lático, com algum sucesso.

Mas as implicações astrobiológicas dessas bactérias eléctricas pode ser a mais promissora de todas. Se os cientistas puderem provar com sucesso que existem espécies de bactérias que podem subsistir inteiramente de energia elétrica (e há uma boa chance de que eles podem), temos que aceitar a possibilidade de ecossistemas à base de energia elétrica em outros planetas e luas que de outra forma não pensaríamos como habitáveis. Isso aumenta drasticamente não só as chances de que vamos descobrir a vida, mas também os tipos de vida que podemos encontrar fora da Terra.

Fonte Mysterious Universe

Mulher acorda falando seu idioma de uma vida passada


Uma mulher na Índia, de repente começou a falar em uma forma de Bengali que era usado mais de 150 anos atrás.

Em um caso desconcertante da década de 1970, o pesquisador de reencarnação Ian Stevenson investigou o mistério em torno de Uttara Huddar, 32 anos, que, do nada, de repente começou a falar fluentemente em uma língua que ela nunca aprendeu ou teve contato.

O fenômeno se tornou ainda mais misterioso pelo fato de que não só a língua é uma forma de Bengali não utilizado por 150 anos, mas a mulher parecia ter simultaneamente desenvolveu uma segunda personalidade chamada Sharada que parecia familiarizado com o presente período de tempo e foi incapaz de falar em qualquer uma das línguas modernas que Uttara poderia conhecer.

Sharada tomaria o lugar de Uttara por dias ou semanas a cada vez e não tinha conhecimento da família de Uttara, mas poderia distintamente lembrar cinco de seus próprios membros da família, incluindo seu pai Brajanath Chattopaydhaya que viveu no século 19.

Stevenson ficou surpreso quando descobriu que cada um desses indivíduos nomeados tinha realmente existido, tanto na região e período de tempo que Sharada tinha descrito. Não havia nenhuma maneira  de Uttara jamais saber sobre eles.

"A amnésia que cada personalidade parece ter tido para os eventos que ocorrem com a outra, mesmo não sendo total, sugere que a síndrome se assemelhe mais com possessão do que com um caso de reencarnação", escreveu ele. "Isto implica que Sharada é uma personalidade desencarnada - ou seja, que ela tem os aspectos de uma pessoa real que viveu e morreu nos primeiros anos do século 19, e que, quase 150 anos depois, passou a dominar e controlar o corpo de Uttara. "

Fonte Unexplained Mysteries

Mistérios cercam homem que acordou em chamas

Os oficiais de polícia estão investigando um suposto caso de combustão humana espontânea, em Edmonton no Canadá.

O homem que não quer ser identificado, que acredita-se ter em torno de 20 anos, aparentemente acordou no sábado de manhã para descobrir que ele estava envolvido em chamas.

De acordo com testemunhas o fogo começou espontaneamente em seu corpo sem incendiar o resto da sala. A vítima está sendo tratado para queimaduras de segundo grau no hospital, mas se recusa a cooperar com os policiais investigando o incidente.

"O autor da denúncia não está dizendo nada, não cooperando com a gente", disse o sargento Mike Wynnyk. "As testemunhas não estão nos dando qualquer informação além de que viram as costas do amigo pegando fogo. É isso! Todos acreditam que tenha sido combustão humana espontânea."

Wynnyk espera que a verdade se mostre com o tempo.

"Neste momento, está realmente no ar. Estamos tão confusos quanto todo mundo está sobre ele", disse ainda o sargento.

Fonte Unexplained Mysteries

quinta-feira, 3 de julho de 2014

A Grande Grade da China

Foi descoberta, com a ajuda do Google Earth, o que está sendo chamada de Área 51 da China. Uma grande área que se estende pelo norte selvagem e inóspito da China e que possui centenas de quilômetros quadrados cobertos do que seriam cabos subterrâneos.

Este vídeo demonstra como veículos especiais podem cavar uma estreita trincheira na terra, colocar o cabo e, em seguida, cobrir a vala enquanto movem-se lentamente sobre o terreno áspero. Nós suspeitamos que um processo semelhante foi usado nessa área.



Se esse sistema de "antena" foi projetado para transmitir ou receber não se sabe. Mas acredita-se que isso de alguma forma coleta a energia da Terra. As medidas aproximadas estão na imagem. O padrão de repetição, parece ter o mesmo design de antenas que foi relatado na instalação HAARP.


Linhas e poços pode ser visto em intervalos regulares. Foi dito que a configuração de 36 poços, possivelmente, representam cargas sônicas (explosivos) utilizados para obter som de eco da terra. Estes poços geralmente são usados para detectar campos de petróleo e campos de mineração.


Embora isso possa ser algum tipo de antena gigante, o especialista em antenas, Nathan Cohen, diz que o ganho de qualquer sistema é perdido quanto mais a antena se aproxima do chão. E neste caso, os cabos parecem estar enterrados. Isso nos leva a sugerir que esse é um sistema pode ser alguma forma coletar a energia da Terra - um sonho para os físicos ocidentais. Isso mostra como os cientistas chineses estão avançados. 

Vimos essas mesmas grades em latitudes mais baixas na China. Estes sistemas gigantescos não tem paralelo no mundo e são um enorme mistério.

Fonte ViewZone

Oceano gigante descoberto no interior da Terra

Um reservatório enorme de água três vezes o volume de todos os oceanos do mundo se encontra no subsolo 700 km



A representação de um mar enorme, no centro da Terra de Júlio Verne pode ter sido mais próximo da realidade do que se acreditava anteriormente de acordo com uma nova pesquisa que identificou um enorme volume de água contida entre as rochas no manto do planeta.

De fato, este reservatório subterrâneo é tão grande que estimasse que a água armazenada tem volume três vezes maior do que todos os oceanos na superfície da Terra juntos.

700 km escondida debaixo dos nossos pés em um tipo de rocha chamado ringwoodite, a descoberta sugere que a água nos oceanos pode ter originalmente expelidas do interior do planeta no passado distante, em vez de terem sido depositados na superfície por cometas.

Dada a quantidade de água, temos sorte por ela estar ainda presa no subsolo. O risco de aumento do nível do mar devido ao aquecimento global é irrelevante em comparação com o que aconteceria se toda a água retida no interior da Terra subisse para a superfície.

Fonte Unexplained Mysteries

Sinal misterioso detectado no aglomerado de Perseu

Há 240 milhões de anos luz, o sinal pode ser nossa melhor evidência de matéria escura



O conceito de matéria escura foi concebido como uma forma de explicar a massa perdida no universo cuja existência pode ser deduzida através das observações das propriedades e movimentos de outros corpos celestes, mas que não pode ser detectada diretamente.

Acredita-se que compõem 84,5% da matéria do universo, a natureza da matéria escura ainda permanece um mistério, apesar de grandes esforços dos cientistas para provar que ela existe.

Acredita-se que o sinal recém-detectado, descrito como um "pico de intensidade em um comprimento de onda muito específico de luz de raios-x", poderia surgir a partir do decaimento de uma partícula teórica chamada "neutrino estéril", que interage com a matéria normal por gravidade.

Se isso for comprovado, então ele poderia ser responsável por, pelo menos uma parte, da matéria escura no universo e isso ajudaria os cientistas a montarem mais uma peça do quebra-cabeça para a compreensão da estrutura e composição do cosmos.